Correr no frio: dicas quentes de acessórios para correr no inverno

Homem correndo no inverno, ao ar livre, e agasalhado na medida certa.

Em alguns lugares do mundo, o inverno é a melhor época do ano para correr: em várias regiões do Brasil, por exemplo, ou da África do Sul, Austrália… mas, em muitos países, praticar esportes ao ar livre durante o inverno é sofrido.

Em regiões como Europa e América do Norte, por exemplo, no mínimo de outubro a março, é preciso lidar com neve no chão e um frio de doer os ossos. Não é fácil juntar a coragem para enfrentar o clima frio e se desafiar lá fora. Mas, para quem quer MESMO alcançar as metas fitness e quebrar recordes pessoais ou se preparar para provas de corrida, sempre tem como arranjar motivação para continuar correndo apesar do frio, pois correr no frio traz algumas vantagens:

  • Sente cansaço e falta de energia no inverno? Bem, passado o momento inicial em que você pensa “o que raios eu vim fazer aqui fora do quentinho do meu lar?”, correr no inverno dá um gás sem igual na energia.
  • Quem não para de correr nem mesmo no inverno fica em forma o ano inteiro e volta ao topo da performance mais rápido quando chega a primavera.
  • Outra vantagem: correr no frio fortalece o sistema imunológico e aumenta a resistência!
  • Quem fecha um treino quando faz frio ou chove “se sente”, e com razão! Treinar sob tempo ruim dá orgulho e reforça a autoestima.

A verdade é que não existe tempo ruim. Existem roupas inadequadas para o tempo que está fazendo: isso, sem dúvida. Então, a dica é planejar as roupas e os acessórios que você compra ao lugar onde mora. Para quem vai ter que lidar com frio, neve e gelo durante a prática de esportes, criamos uma lista de dicas “quentes” de acessórios para correr no inverno. Assim, sua vida fitness não precisa parar!

Acessórios essenciais para correr no frio

Vista-se estilo “cebola”: camadas, camadas e mais camadas sobrepostas ajudam a aquecer melhor que tudo!

Entretanto, é preciso ter certa sabedoria na hora de escolher a ordem das camadas: para a primeira camada, pense em roupas de baixo feitas em tecido especial, respirável e funcional. Este tipo de traje absorve o suor do corpo e expulsa esse suor para fora, ou seja, mantém o suor afastado da pele. A segunda camada deve ser composta por vestimentas adequadas para correr no inverno e que regulem a temperatura corporal. Um bom exemplo seria um casaco ou blusa feita em tecido “fleece” com elastano, por exemplo. Já a terceira camada precisa proteger especificamente contra o vento. Pense em uma jaqueta corta-vento ou em um casaco feito em um material impermeável como o gore-tex.

Tênis apropriados para inverno

Correr com tênis normal no inverno, principalmente aquele já surrado do ano inteiro, é queda na certa! Para correr em superfícies molhadas e escorregadias, opte por um bom tênis com solado antiderrapante, como um tênis para correr em trilhas, por exemplo. A parte de cima do tênis deve ser feita em material respirável porém impermeável, para manter os pés secos. Meias especiais para corrida com boa respirabilidade impedem que o tênis fique “dançando” ou escorregando no pé, além de manter o tendão de Aquiles e a panturrilha aquecidos.

Corredora vestindo roupas e acessórios da adidas apropriados para correr no frio

Mãos e cabeça quentes, apesar do frio

Está ventando muito? O frio está demais? Não saia para correr sem um gorro ou faixa para a cabeça, então. Há luvas especiais para a prática de corrida que mantêm os dedos aquecidos. Com os acessórios certos para correr no frio, você não corre o risco de perder calor corporal em excesso!

Dica:

O corpo produz calor quando os músculos se movimentam. Por isso, tente escolher as roupas de forma tal que, no início da corrida, você ainda sinta algum frio. Assim, você não vai precisar se preocupar com a possibilidade de estar vestindo camadas em excesso e poderá evitar o extremo oposto do frio, que acaba sendo inconveniente, também: suor e superaquecimento.

Aquecer o corpo antes de correr é imprescindível!

Quando estiver muito frio na rua, faça o aquecimento em casa mesmo. Polichinelos ou passada com o joelho alto são boas opções. Só que, atenção! A ideia é aquecer, não treinar. Nada de suar muito, ok? Não é uma boa ideia sair para correr no inverno encharcado em suor.

Acredite: se o corpo estiver bem aquecido, o frio não vai incomodar tanto!

Corredor calçando um tênis terrex da adidas para correr no inveno com conforto e segurança

Comece a correr contra o vento

Se, além de frio, estiver ventando, escolha uma rota em que você comece correndo contra o vento e termine correndo com ele a seu favor (ou seja, “empurrando” você pra frente). Além da ajudinha extra justamente na hora em que o cansaço da corrida já está batendo, essa estratégia evita que você enfrente o frio máximo bem no fim da corrida.

Acessórios para correr no escuro

Quem prefere praticar atividades físicas de manhã ou à noitinha precisa pensar em equipamentos e acessórios que garantam a simples porém preciosa segurança de ser visto! Além de lanternas de cabeça, há coletes refletivos, bandas refletivas para colocar no braço e, para os tênis, adquira presilhas com luzes sinalizadoras (“leds”). Há também gorros refletores para a prática de atividades físicas, casacos e luvas para correr no escuro.

Correr em grupo é mais divertido!

Uma super dica é achar outros corredores tão corajosos como você e formar um grupo de corrida! Correr em grupo reforça a motivação, pois o treino vira diversão e socialização. Correr no frio pode ser tudo de bom!

Corredora se alongando após correr no frio, devidamente agasalhada

Sim, é preciso esfriar o corpo

Depois da corrida, entre em um local aquecido assim que possível, tome um banho e vista roupas quentinhas e secas. Se conseguir aguentar o frio mais um pouco, aproveite para fazer o alongamento para esfriar o corpo ao ar livre. Mas só se você estiver bem agasalhado, para não pegar um resfriado, ok?

Outra coisa: quem corre, perde líquido. No verão, é fácil de reparar, mas, no inverno, nem tanto. Assim, depois da corrida, lembre-se: água, muita água!

Após a corrida, como secar os tênis?

Nunca coloque os tênis para secar atrás da geladeira ou no radiador (para quem não é familiarizado com inverno “firme”, trata-se de um aparelho que aquece ambientes internos). O calor forte e constante enrijece o material do tênis e o torna quebradiço, comprometendo a longevidade do seu querido pisante. O pulo do gato é encher os tênis de jornal e deixá-los em um local seco, aquecido e bem ventilado. Após 1h, troque o jornal úmido por mais jornal seco.

Bem, esperamos que essas dicas ajudem a juntar motivação para correr no frio e praticar esportes no inverno. Com os acessórios certos, derrotar o inverno é 100% possível!

 

***

 

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Herwig Natmessnig Ex-atleta profissional, Herwig "respira" fitness. Seja para competir ou se divertir, se pintar um desafio esportivo, ele tá dentro! Ver todos os artigos de Herwig Natmessnig »