Atividades físicas no calor: 5 fatos importantes

Uns dizem que faz bem, outros dizem que faz mal. A boa notícia: sim, se exercitar no calor queima mais calorias.

Veja, a seguir, alguns fatos:

Fato 1: quanto maior é a temperatura corporal, mais calorias são queimadas

A temperatura corporal sobe junto com a temperatura climática. O organismo começa a trabalhar mais para resfriar o corpo e manter a temperatura normal. Em temperaturas quentes, tanto o pulmão quanto o coração se esforçam mais. E já que o seu corpo trabalha mais, ele também queima mais calorias.(1)

Fato 2: mudanças de temperatura afetam a queima de calorias

Durante a prática de atividades físicas no calor, o corpo tenta manter uma temperatura regular de 36°C.(2) Cada variação na temperatura ocasiona a queima de mais calorias (para compensar essas oscilações). A energia utilizada aqui vem das calorias extras e reservas de gordura do corpo!

Fato 3: o corpo produz suor para refrescar

Quanto a temperatura sobe, o corpo ativa o sistema natural de refrigeração corporal: a transpiração. O suor é produzido para reduzir a temperatura corporal. Quando o suor da pele evapora, o corpo resfria e volta à temperatura normal.

Saiba que…

…a produção elevada de suor não significa necessariamente que uma maior quantidade de calorias está sendo queimada. Uma pessoa que não sua muito pode estar queimando a mesma quantidade de calorias que o parceiro de treino todo suado. 

Muita gente não curte muito suar, mas, sem o sistema natural de regulação da temperatura corporal, o rendimento no esporte piora. Começar a suar logo no início de uma atividade física não indica um corpo fora de forma. É apenas um sinal de que o corpo aprendeu a resfriar com mais eficiência (mais cedo). É por isso que atletas bem treinados começam a suar mais rápido.  

Fato 4: a taxa de metabolismo basal influencia a queima de calorias

A combinação calor + atividades físicas faz queimar mais energia. Essa é a boa notícia 😀 . Mas, isso não ocorre apenas por causa da temperatura lá fora, a taxa de metabolismo basal (TMB) também faz acontecer. Esta influência varia de pessoa para pessoa de acordo com a idade, peso e altura. 

Bom saber:

Quanto maior for a taxa de metabolismo basal de uma pessoa, mais calorias ela queimará. 

É possível mudar a TMB individual aumentando a massa muscular, o que queima mais calorias ainda e acelera o metabolismo. O treino de musculação funcional com o próprio peso corporal é uma forma ideal de chegar a este objetivo. 

Aproveite o dia lá fora!

No verão, queimamos mais calorias automaticamente (nos mexemos mais quando o dia tá bonito). Além disso, geralmente, quando tá muito quente, não comemos muitos alimentos altamente calóricos e pesados. 

Vem suar com a gente! Aceite o desafio “correr pra valer” no app Runtastic e bora se mexer!

Fato 5: Fazer atividades físicas no calor é arriscado

Praticar atividades físicas debaixo do sol pode até garantir um bronzeado, mas é arriscado. Muito calor e umidade fazem o corpo chegar à exaustão rapidamente. Pare de se exercitar assim que sentir tontura, cansaço (maior do que o normal) ou enjôo. Procure uma sombra, beba água e descanse. Dê um tempo para o seu corpo se ajustar ao calor. Isso vale também para sessões de treinamento e corridas durante as férias de verão.

Principais aspectos:

  1. Beba líquidos suficientemente.  
  2. Vista roupas com tecido respirável durante a atividade física.
  3. Procure lugares com sombra quando for se exercitar ao ar livre.
  4. Se está muito calor, não se esforce muito. Cuide do seu corpo.
  5. Sempre que possível, pratique atividades físicas cedo de manhã ou à tardinha, quando está mais fresco.

A única forma de queimar mais calorias (e gordura) é intensificar o treinamento, faça chuva ou faça sol. Mas, se a temperatura subir, tome cuidado e ponha em prática as nossas dicas acima. Não tem treta! 🙂 Bom treino.

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Tom Koscher Personal trainer e coach de corrida, Tom adora inspirar e desafiar os outros com muita criatividade nos treinos. Para ele, desafios fitness são irresistíveis. Se rola um, é Tom! E assim ele vai: por que andar se podemos correr? Ver todos os artigos de Tom Koscher »