Vive cansado? Descubra as possíveis causas

Man feeling tired at work

Sua vida é puro cansaço, mesmo que tenha dormido bastante? É sempre possível que alguma deficiência ou doença estejam provocando esta sensação. No entanto, há uma série de motivos corriqueiros que podem causar fadiga constante. Neste post, vamos analisar as causas mais comuns do cansaço crônico.

Mulher cansada, tomando uma bebida no sofá

1. Seu ritmo de sono anda perturbado

Normalmente, só damos atenção à quantidade de horas de sono. Neste quesito, o ideal é tentar dormir sempre 7-8 horas por noite. E sabia que dormir também é importante para o seu lado fitness? Quem costuma dormir menos que o recomendado tende a ganhar peso.

Mas é preciso dar atenção à qualidade do sono, também! A rotina é grande amiga do bom sono. Se você sempre vai dormir em um horário diferente (devido a trabalhar em turnos, por exemplo), pode acabar sentindo um impacto negativo na sua saúde. Assim, o problema não é só “falta de sono”, já que a “falta de sono de qualidade” também entra na equação.

Calcule bem a hora de dormir

Quer saber mais sobre seus hábitos noturnos? Então use nossa calculadora do ciclo do sono.

Se sente mais cansado durante o verão? Fora o calor, pode ser devido ao horário de verão. Por mais que a mudança seja pequena, nosso relógio biológico precisa de um tempo para se adaptar a ela, podendo levar até duas semanas.

2. Você não está se alimentando bem

Já aconteceu de você estar com tantas coisas para resolver que até se esqueceu de se alimentar? Comer menos que o necessário causa fraqueza. A mesma coisa acontece se comemos demais, optamos por alimentos nada saudáveis ou adotamos a dieta “errada”. Consumir carboidratos simples em excesso (como pão branco, refrigerantes e doces) rouba nossa energia.

Por quê? Estes alimentos oferecem ao corpo nada mais que calorias “vazias”. Os níveis de açúcar no sangue se elevam rapidamente e, assim, se mantêm apenas por um curto período, porque o pâncreas está produzindo insulina a todo vapor. Mas, na mesma velocidade que esta energia veio, ela vai embora… e bate aquela preguiça! Atenção: alimentos ou refeições gordurosas exigem demais do corpo. Assim, tente sempre manter uma dieta balanceada.

Sabia que…

Não são só os carboidratos que roubam nossa energia? Comer carne também causa cansaço. A carne tem um aminoácido chamando triptofano, que é um precursor da serotonina, o “hormônio da felicidade”, e pode causar sonolência. O sistema digestivo precisa trabalhar pesado para digerir a carne, e isso por si só exige energia adicional.

Caixa com donuts e uma xícara de café

O consumo excessivo de café também pode ser responsável pela sensação de fadiga. Sim, café em excesso causa cansaço! Inicialmente, o café dá um gás, pois estimula a produção de adrenalina. Mas isso dura pouco. Quando passa, você está mais cansado do que estava antes de tomar o café.

Observação: há alguns alimentos (como bananas e leguminosas) que ajudam a dormir porque contêm triptofano. Se, durante o dia, você consumir altas quantidades destes alimentos, este componente da proteína pode causar sonolência.

3. Hidratação insuficiente

Dores de cabeça ou fadiga são 2 das várias consequências de não se consumir líquidos em quantidade adequada. (C-L-A-R-O que refrigerantes, bebidas que levam açúcar e café não contam, ok? Hidratação = só água e chá não adoçado). Sabia que mais de 50% de nosso corpo é composto de água? A falta de líquidos retarda o metabolismo, e o corpo entra em marcha lenta. Adivinha qual é a consequência? Cansaço.

Quanto de líquido você precisa ingerir?

Use a calculadora de hidratação para descobrir quanta água você precisa beber por dia.

4. Pouco exercício físico

Quer mais energia? Então o jeito é gerar essa energia. Os exercícios fazem o coração bater, acelerando o metabolismo e melhorando a circulação sanguínea. Quem pratica pouca atividade física normalmente se sente mais prostrado.

Homem treinando

Além disso, uma rotina consistente de treinos pode ajudar a dormir melhor. Um estudo publicado no Journal of Clinical Sleep Medicine(1) comprovou que a prática regular de exercícios melhora a qualidade do sono. Então… bora mexer esse esqueleto aí!

“Ah, mas está complicado, ando sem tempo (ou adicione aqui outra desculpa de sua preferência)”: estacione o carro mais longe do seu destino, use as escadas em vez do elevador e faça treinos de peso corporal na hora do almoço. Quer energia? Então xô desculpas!

Se liga:

Exercícios físicos são puro benefício: fazem o coração bater, acelerando o metabolismo e melhorando a circulação sanguínea. Além disso, nos mantêm jovens!

5. Está faltando luz na sua vida

Quando o tempo está bom, você é praticamente uma usina nuclear em pessoa de tanta energia que surge. Mas, nos dias cinzentos e chuvosos, sua única vontade é ficar todo encolhido no sofá de tanto cansaço que sente?

Talvez esteja faltando luz na sua vida!

A escuridão faz com que o corpo libere o hormônio do sono, a melatonina.

Por isso, passe bastante tempo ao ar livre. Mesmo com tempo ruim, você sempre pega mais claridade na rua do que no escritório ou em casa. Fez um solzinho na hora do almoço? Saia para dar uma caminhada e repor os níveis de vitamina D, ou faça “reuniões ambulantes” com a sua equipe a céu aberto. Outra forma de garantir as reservas de energia é usar lâmpadas que simulam a luz do sol. Mais uma dica: não fechar completamente as janelas do quarto. Deixe uma fresta para que a luz entre no quarto pela manhã, pois isso ajuda a acordar e iniciar o dia.

Jovens rindo a caminho do treino

6. o estresse está sob controle?

Um e-mail daqui, uma ligação dali, infinitas notificações aparecendo na tela do celular… hoje em dia, acabamos ficando disponíveis quase o tempo todo (e, nisso, sempre indisponíveis para nós mesmos). Convenhamos: que coisa mais estressante! Em toda a história da humanidade, jamais tivemos que lidar com uma quantidade de estímulos tão grande quanto agora. E isso é puxado para o corpo.

E o que isso tem a ver com cansaço?

Bem, cabe ao cérebro ficar distinguindo os estímulos importantes dos que podem ser ignorados. Sem esse tipo de mecanismo, nos afogaríamos em um inesgotável mar de informações. O problema é que, quanto mais estímulos o cérebro tem para processar, mais esforço ele tem que fazer.

Assim, quando estiver sentindo uma falta de vitalidade maior que o comum, experimente tirar uma folguinha da internet e das mídias ao seu redor. Uma boa ideia é marcar horários específicos para abrir sua caixa de e-mail e desligar o celular à noite.

E aí, qual é o SEU segredo para ter mais energia? Conta aí nos comentários!

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Tina Sturm-Ornezeder

Tina ama escrever, é muito curiosa e está sempre de olho nas novas tendências. Ah! Ela também é apaixonada por yoga e... abacate! Ver todos os artigos de Tina Sturm-Ornezeder »