4 respostas para a pergunta: “Por que não consigo queimar gordura?”

A woman trying to put in tight jeans in front of a mirror

Você anda tentando perder peso e… nada de ver resultados? Todo mundo que se dedica à vida fitness já passou por isso, um momento em que a pessoa simplesmente “estaciona” no progresso. Mas há algumas técnicas que ajudam a emagrecer ainda mais!

Entretanto, antes disso, vamos propor algumas reflexões para você fazer *com sinceridade* antes de subir novamente em uma balança e se perguntar: “Por que não perco peso?”

Comecemos com duas curiosidades:

1. Peso e gordura corporal não são a mesma coisa. Às vezes, você está queimando gordura e ganhando músculo, mas os números da balança não variam muito, apesar de haver mudanças na aparência física. O que acontece é que músculos são mais pesados que gordura. É por isso que mudanças corporais nem sempre implicam em menos peso. Para acompanhar corretamente o andamento das suas metas, calcule sua percentagem de gordura corporal e observe o que acontece com o passar do tempo. A percentagem de gordura corporal é uma ferramenta muito mais precisa que a balança para mensurar seu progresso fitness.

2. O peso corporal não mede o nível de boa forma. Há pessoas de todos os tamanhos, formas físicas e alturas que são saudáveis e estão em ótima forma. Se quiser acompanhar de verdade sua capacidade atlética, encontre uma forma de realizar uma avaliação física e foque os treinos em aprimorar seus resultados de forma mensurável. Quantas flexões consegue fazer? Em quanto tempo completa 1 km? Estas são as métricas de fitness que realmente importam.

Se decidir que “perder gordura corporal” faz parte do seu mix de objetivos, até por questão de saúde, confira algumas dicas para ajudar você nessa missão.

Homem sentado na cama pensando

1. Anda dormindo bem e o suficiente? Sono de qualidade, mesmo?

O sono é uma peça importantíssima do quebra-cabeça da perda de peso que, muitas vezes, é completamente deixada de lado. Durante o sono, o corpo produz hormônios que ajudam na recuperação e na queima de gordura.

A falta de sono pode desequilibrar as funções hormonais em geral, além do nível de açúcar no sangue, o nível de energia e a capacidade de fazer escolhas saudáveis para a alimentação. Lembra aquele dia em que a exaustão bateu forte, e você descontou na comida? Adivinha: é um efeito colateral bem recorrente em quem não dorme o suficiente.

A solução:

Vá dormir todos os dias no mesmo horário. 22:00 é o horário ideal para encerrar o dia. É por volta deste horário que o corpo começa a secretar os hormônios que preparam o corpo para uma excelente noite de sono (use esta calculadora do ciclo do sono para identificar o horário certo para você). Para você, é difícil se desconectar no fim do dia? Coloque um alarme para 30 min antes da hora de dormir para se lembrar de  desligar todos os dispositivos tecnológicos, prepare um chá relaxante e deixe o sono chegar. Tem dias em que não dá para dormir as 8 horas ideais, mas faça seu melhor. Nos fins de semana, tudo bem desligar o alarme na hora de acordar, às vezes, mas não faça isso sempre. Tente manter uma rotina. Rotina é vida!

Pessoa mexendo uma salada

2.  tem noção de quanto anda comendo, de verdade?

A teoria da perda de peso é simples: queimar mais calorias do que ingerir. Se você comer demais, será muito difícil queimar a quantidade necessária de calorias para emagrecer. Por outro lado, se você comer pouco demais, o corpo entra no modo de sobrevivência e se apega às gorduras indesejáveis na tentativa de prolongar a vida o máximo possível. Literalmente!

Assim, nenhum dos dois extremos alimentares ajuda quando a meta é emagrecer. A forma mais simples de saber se você está consumindo calorias suficientes é ir somando as calorias do que você normalmente ingere (mesmo se for só por algumas semanas) para se acostumar ao equilíbrio calórico correto.

A solução:

Use um aplicativo que permita monitorar os alimentos consumidos no dia a dia. Assim, você terá uma imagem realista da quantidade (e qualidade!) das calorias que anda ingerindo. Após algumas semanas de monitoramento, talvez consiga entender melhor porque não anda conseguindo alcançar o progresso que esperava.

Pessoa atravessando a rua

3. Está faltando atividade física na sua vida

Você pode até estar treinando 5 dias por semana, 1h por dia… mas o que anda fazendo nas outras 23h? Claro, ao menos 8h de sono é o recomendado. O fato é que a atividade que você está praticando (ou  NÃO está praticando) pode estar atrapalhando na perda de peso. Muitas pessoas, mesmo as acostumadas a treinar com frequência, tendem a ter um estilo de vida sedentário por trabalharem sentadas, vivendo uma vida de escritório.

Existe uma coisa chamada TANE: “termogênese por atividade de não exercício” (do inglês NEAT: “non-exercise activity thermogenesis”). Em palavras simples, é a energia gasta nos movimentos do dia a dia, em atividades como limpar a casa, fazer uma caminhada, ficar balançando a perna enquanto está sentado ou em pé, levantar para ir buscar água… atos simples, mas que queimam calorias! Está difícil emagrecer? Além das atividades físicas dos treinos, tente avaliar o quanto você de fato mexe o corpo no dia a dia.

A solução:

Monitore as atividades que realiza durante o dia com um relógio tipo “smartwatch” ou um contador de passos. Há vários smartwatches com contadores de passo que não são tão caros, assim, e, para esta finalidade, não é preciso usar nada muito caro. Meta: fazer de 6000 a 8000 passos por dia FORA os treinos. Na real, você vai ver que não é nada fácil, não! E aí vai começar a fazer escolhas diferentes na hora de decidir como ir ao trabalho, como aproveitar o horário do almoço, escada ou elevador, etc.

Mulher treinando em casa

4. está faltando consistência

Quando o assunto é emagrecer, consistência é a chave do sucesso. Muita gente é 150% fiel aos planos de treino e às dietas propostas por nutricionistas durante algumas semanas e, depois… é ladeira abaixo! Ok, sempre é possível declarar o salvador “recomeço tudo na segunda-feira, sem falta!”, e aí tudo correrá bem durante algumas semanas. Mas aí vem a festinha de alguém, aquele dia que implora por uma pizza, uns drinks, muito refrigerante… e lá vamos nós outra vez :/

Óbvio que esta não é uma atitude consistente. Uma pessoa 150% fiel aos treinos e dieta durante apenas 40% do tempo não vai ver o mesmo progresso que uma pessoa 80% fiel 100% do tempo. Ok, ok… ninguém vai julgar você por 1 ou 2 dias de “pé na jaca” às vezes (afinal, quem nunca, né?), mas é importante seguir em frente apesar dos pequenos desvios aqui e ali. Só isso vai garantir a perda de peso a longo prazo.

A solução:

Não seja exigente demais, nem com você mesmo. Dia após dia, faça seu melhor. Cumpra os treinos, mesmo que sejam leves, sem exagerar. Está partindo do zero? Então encaixe 2 treinos na semana e, lentamente, vá inserindo mais treinos conforme for começando a curtir. Quando virar diversão e os resultados começarem a aparecer, você vai ver que irá começar a “fazer tempo” para treinar 😉

DICA EXTRA: foco na nutrição. Tente fazer boas escolhas alimentares 80% das vezes. Se permita alguma flexibilidade quando estiver em uma situação com pratos interessantes para experimentar ou passeios em que não der para comer tão bem (mas evite se colocar SEMPRE neste tipo de situação).

Monitore seu progresso e faça o impossível para se ater ao plano que traçou. E, se não der, não é o fim do mundo. Você não é o primeiro, nem será o último. Busque entender aconteceu, mas sem se culpar. A jornada do emagrecimento e da boa forma é pra vida toda. Sempre é possível recalcular a rota quando saímos dos trilhos.

E aí, será que as reflexões que propusemos ajudaram a entender por que você não está conseguindo emagrecer tanto quanto gostaria? Não precisa responder com pressa. Leia e se dê um tempo para digerir a informação, refletir sobre a vida…

Percebeu onde está deixando furo? E onde já está arrasando? Sim, comemore os sucessos, também! Mas indique aí abaixo na pesquisa qual ponto tentará reforçar. Avante!

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

adidas Runtastic Team Quer ser mais ativo? Emagrecer? Dormir melhor? A equipe do adidas Runtastic ensina os segredos para fazer você levantar do sofá e chegar aos seus objetivos. Ver todos os artigos de adidas Runtastic Team »