Ama correr? ᐅ Seu coração também ama!

A woman running

Correr com regularidade fortalece todos os músculos do corpo, mas um deles se beneficia em especial: o coração! Sabia que até iniciantes conseguem reduzir a frequência cardíaca em repouso em até 10 batimentos por minuto após apenas algumas semanas de treino?

Vamos aos fatos? Nosso especialista Sascha Wingenfeld explica por que é recomendável dar um “up” na frequência cardíaca várias vezes na semana.

Duas mulheres correndo e rindo

Correr empolga!

Pergunta valendo nota: qual é a atividade mais fácil e eficaz para fazer treinos fitness e conquistar saúde? A corrida! (Acertou? Nota 10, aêeee!)

Pense na evolução do corpo humano: os movimentos necessários para correr já são nossos velhos conhecidos há milhões de anos. “Nossos corpos são pré-programados para este tipo de exercício. Talvez seja por isso que a corrida é tão popular no mundo fitness”, diz Sascha.

A corrida anda em alta: jovens compartilham as pistas com senhores e senhoras, iniciantes se inspiram nos profissionais, balconistas de loja disputam lado a lado com políticos… o entusiasmo pela corrida existe em pessoas de todas as idades, classes sociais e níveis de desempenho fitness.

A corrida causa, sim, um fascínio nas pessoas, e todo mundo, sem exceção, pode se beneficiar das diversas vantagens que este esporte oferece: “Um atleta que corre por hobby visando a boa saúde obtém ganhos pessoais graças ao eficaz estímulo da corrida e, da mesma forma, atletas profissionais conseguem aprimorar seu físico ao ganhar resistência básica com a corrida, que, aliás, é o melhor método de treino de resistência. A resistência básica, como o próprio nome sugere, é o fundamento para todo tipo de atividade física.

Homem correndo na rua

Benefícios da corrida para o coração

Quem ama correr sabe listar de cor e salteado os vários benefícios deste esporte. “São efeitos benéficos, que protegem nosso corpo contra o que chamamos de ‘impactos da civilização’, ao mesmo tempo em que fortalecem o corpo como um todo”, afirma Sascha. E as consequências positivas desta atividade não param por aí: até o sangue se beneficia!

  • Queda no nível de gordura no sangue e elevação do nível de colesterol HDL (o “bom colesterol”)
  • Correr com regularidade reduz o risco de arteriosclerose
  • Redução na produção dos hormônios do estresse (adrenalina e cortisol)
  • Melhora na circulação sanguínea
  • Redução no risco de trombose
  • Elevação no volume sanguíneo do corpo

Banner do desafio

Dê um carinho ao seu coração com o novo desafio “Você: versão 2.0(20)” no app adidas Running! Basta completar 2h20min de atividades físicas logo no início do ano. Já é ou já era?

Quem já pratica atividades sabe que o coração bate mais rápido quando fazemos esforço. Esportes de resistência, como a corrida, são extremamente eficazes para fortalecer o coração. Sascha Wingenfeld conhece bem os benefícios para este órgão, que é nosso relógio vital:

Mulher correndo enquanto sobe escadaria na rua

Quem corre, vive mais

Muito além da perda de peso e melhora no condicionamento, o efeito mais importante da corrida é o ganho em eficiência cardiovascular. O aprimoramento no desempenho pode ser notado logo após as primeiras 4-6 semanas de treino regular (3×30 minutos por semana). Até mesmo iniciantes podem alcançar o benefício de redução da frequência cardíaca em até 10 batimentos por minuto.

Confira o exemplo do Sascha:

As atividades físicas elevam a frequência cardíaca, saindo da zona de batimentos típica do “sentado no sofá”. Por exemplo: se você correr durante 30 minutos 3x por semana com frequência cardíaca correspondente à 150 bpm, em média, isso significa que:

 

  • serão 75 batimentos por minuto a mais do que na frequência cardíaca de repouso
  • 2250 batimentos extra para cada corrida de 30 minutos
  • 6750 batimentos extra por semana
  • 351 mil batimentos extra por ano

Por outro lado, correr 3x por semana durante 30 minutos vai permitir baixar a frequência cardíaca de repouso de 75 para 65 batimentos por minuto porque seu corpo se adaptará ao esforço físico. Consequentemente, a redução será de:

  • 10 batimentos por minuto
  • 600 batimentos por hora
  • 14.400 batimentos por dia
  • 5.256.000 batimentos por ano!

Agora, faça as contas: subtraia os batimentos adicionados pela corrida dos batimentos economizados por conta da redução na frequência cardíaca também graças à corrida e, a longo prazo, você economizará aproximadamente 5 milhões de batimentos cardíacos por ano!

“Correr é fascinante, mas, além disso, dá um gás na sensação de bem-estar e liberdade. E funciona de verdade, apresentando resultados melhores que qualquer tipo de remédio ou terapia”, afirma nosso especialista. “Não dê ouvidos ao lado mais fraco da sua personalidade. Simplesmente, tênis no pé e bora correr!”

Já ama correr? Então… rua! Ainda não ama, acha que não é para você? Rua do mesmo jeito, para aprender a amar! A motivação vem de várias maneiras: grupos de corrida, provas, ganhos para a saúde… Seu corpo todo só tem a ganhar. Pergunto de novo: já é ou já era?

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Sascha Wingenfeld

Sascha é coach de bem-estar e triatleta. Com mais de 10 anos de experiência, ele treina corredores de todos os níveis. "Sou apaixonado pelo meu trabalho, amo correr". Ver todos os artigos de Sascha Wingenfeld »

Leave a Reply