Ciclo menstrual, cólica e corrida

por Pauline Six

Chegou a hora de quebrar um tabu: sim, é possível correr durante o período menstrual! Treinos de corrida são totalmente viáveis durante a menstruação, mesmo que haja certo desconforto. Vamos lá, mulherada! Hora de conferir algumas dicas para conseguir correr em qualquer dia do mês.

um exemplo incrível: Uta Pippig

Em 1996, Uta Pippig venceu a maratona de Boston, apesar de estar visivelmente menstruada. Sim, visivelmente! Mas a imprensa foi bem positiva e consciente: ignorou o sangue e focou na tenacidade da atleta! A imagem de Uta cruzando a tão sonhada linha de chegada com o sangue escorrendo pernas abaixo ilustra muito bem o argumento deste artigo. Não, ela não é de ferro: relatou ter sentido dor e até mesmo pensado em desistir no meio da corrida. Mas, que bom que o lado forte dela venceu, e a recompensa por tamanha determinação foi nada menos que a vitória nesta maratona super famosa. Arrasou, Uta!

Estudo feito na maratona de londres (2015)

Nem todas as mulheres conseguem surfar a mesma onda de Uta neste exemplo heroico de perseverança.

Uma pesquisa realizada junto a 1073 corredoras participantes da maratona de Londres em 2015 revelou que, para 30% delas, o ciclo menstrual tem impacto negativo no desempenho e nos treinos de corrida.(1)

Bem, não se pode negar que é um período desconfortável para a maioria das mulheres, corredoras ou não. Então, vamos analisá-lo mais a fundo.

Mulher correndo ao ar livre

Esportes e fases do ciclo menstrual: quando é preciso ter cuidado?

Na corrida, seu corpo é seu instrumento e seu melhor amigo. Para as mulheres, conhecer bem o próprio ciclo menstrual ajuda muito a otimizar o treinamento. A maioria dos ciclos menstruais é de 28 dias: redobre os cuidados entre os dias 14 e 28 do ciclo. Durante esta janela de tempo, há 3 vezes mais risco de sofrer lesões no LCA, como rupturas (ligamento cruzado anterior, no joelho).(2)

Ciclo menstrual e desempenho

Não há comprovação formal que a menstruação esteja associada a uma performance inferior na corrida ou em outros esportes de resistência.(3) Entretanto, a elevação do nível hormonal no corpo pode dificultar a absorção de oxigênio pelos músculos. Todas as outras métricas de desempenho se mantêm inalteradas durante o período menstrual.

Mulher correndo na rua e sorrindo

O que acontece no corpo durante a TPM?

A menstruação é regida por ciclos hormonais: os níveis dos hormônios sofrem redução durante a primeira fase do período menstrual, o que ocorre imediatamente antes da descida do fluxo. Essa alteração hormonal pode causar sintomas incômodos, que atrapalham a rotina de treino das corredoras. Assim, a TPM engloba muito mais que uma simples “tensão”: trata-se de uma síndrome abrangente, com efeitos bastante variados no corpo feminino.

 Sintomas comuns:

  • Sensibilidade nos seios
  • Retenção de líquidos
  • Alterações comportamentais

Outros possíveis indicativos físicos que são menos conhecidos:

Dor nos ossos e/ou articulações, dor de cabeça e sintomas digestivos como enjoo, constipação ou diarreia.

Cólica menstrual

Cólicas são de matar! As sofridas cólicas menstruais são um dos piores sintomas que ocorrem durante a menstruação.

Diferentes estudos indicam que as cólicas afetam de 30-50% de todas as mulheres em idade reprodutiva. Assim, certamente é um problema para muitas corredoras.

Efeitos positivos

Sim, sempre há um lado bom: a elevação no nível de estrogênio pode ter efeito positivo nos níveis de energia. O pico do benefício ocorre durante a fase da ovulação (por volta do 14º dia do ciclo). Para esportes de resistência de alto nível, o estrogênio favorece o armazenamento intramuscular de energia e a entrada da glicose nas células musculares.

Três mulheres correndo pela rua e sorrindo

Dicas para as corredoras em período menstrual

Fármacos e medicina alternativa

Muita calma nessa hora: antes de tomar qualquer tipo de analgésico para amenizar as dores sentidas no período menstrual, consulte um médico. Em geral, estes profissionais prescreverão medicamentos analgésicos considerados “simples”, como paracetamol ou ibuprofeno. Atenção: a aspirina (AAS) eleva o risco de sangramento, e o uso não é recomendado durante o período menstrual.

Pode ser interessante optar por vias de tratamento alternativas, como a homeopatia, fitoterapia, etc. Mas, nada de copiar a solução que funcionou super bem para a sua amiga, ok? Consulte sempre um profissional da área de saúde!

Contraceptivos

A maioria das atletas faz uso de anticoncepcionais para a função que estes visam cumprir, ou seja, para evitar a gravidez indesejada. No entanto, os contraceptivos farmacológicos podem ser usados para outra função: controlar o ciclo menstrual.(4)

A melhor (e, na verdade, a única conduta indicada) é conversar bem com o seu médico quando quiser trocar de método contraceptivo. Na consulta médica, mencione que você corre e especifique a rotina de treino que pratica ou deseja praticar, pois o profissional terá melhores chances de prescrever um medicamento adequado.

Corredora descansando

Adaptando os treinos de corrida para continuar correndo durante o período menstrual

Para as corredoras que sofrem com dores menstruais ou cansaço antes ou durante a descida do fluxo, o conselho é simples: ouvir o próprio corpo. Para que se torturar? Mas, nos dias em que você estiver pilhada para treinar apesar de estar menstruada, saia para correr sem preocupação alguma!

Correr menstruada é totalmente possível. Não há provas de que o período menstrual acarrete necessariamente em queda no desempenho. Mas, claro, cada mulher e cada menstruação são diferentes. Repito: ouça seu corpo e adapte seu treino de corrida às suas condições físicas e mentais. 

Sobre Pauline:

Pauline Six é médica do esporte e trabalha para a plataforma Running Care. É especialista em reabilitação de atletas, cobrindo desde o diagnóstico inicial ao retreinamento. Além disso, Pauline é apaixonada por correr: compete em provas de corrida em trilha de longa distância e em triatlos.

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

adidas Runtastic Team

Quer ser mais ativo? Emagrecer? Dormir melhor? A equipe do adidas Runtastic ensina os segredos para fazer você levantar do sofá e chegar aos seus objetivos. Ver todos os artigos de adidas Runtastic Team »