6 erros que cometemos no almoço e que fazem engordar

Zwei Menschen essen eine Salat-Bowl zu Mittag

Ainda são 10:30 da manhã e o seu estômago já está roncando. Finalmente chega a hora do almoço e você, morrendo de fome, se vê capaz de devorar tudo o que vier pela frente. A refeição do meio-dia desempenha um papel fundamental na sua boa produtividade durante o resto do seu dia. Ela também influencia a sua perda (ou ganho) de peso. Veja se você também está cometendo estes 6 erros bastante comuns na hora do almoço:

1. Comer fora (quase) todos os dias

Na hora do almoço você, geralmente, compra uma refeição ou vai de restaurante com o pessoal do trabalho? A melhor forma de combater esse mau-hábito é, também, uma grande forma de economizar muito dinheiro: comida caseira! Prepare o almoço do dia seguinte você mesmo, em casa, na noite anterior. O mantra “não tenho tempo” é apenas uma desculpa, com organização, você consegue.

Fica a dica:

Preparar o almoço na noite anterior é uma forma muito inteligente de poupar a sua conta bancária (xô, gastos extras!) e o seu corpo (xô, calorias desnecessárias!). Comida industrializada pode ser conveniente, mas acaba saindo mais caro e contém muito mais calorias do que uma boa comida caseira.

Amigos almoçando juntos

2. Comer rápido demais

A correria do dia a dia faz a gente se apressar o tempo todo. Trabalho, reunião, trabalho, escola, filhos, aulas, trânsito… raramente temos tempo para sentar com calma e degustar um bom almoço. A tendência é comer rápido demais, tente desacelerar aí. Quando você come rápido demais, o corpo não acompanha. Resultado: você acaba comendo uma porção muito maior do que poderia ter comido para se sentir saciado.  

Interessante: segundo um estudo publicado na revista científica da Academia de Nutrição e Dietética dos Estados Unidos (Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics), a velocidade ao comer e o índice de massa corporal (IMC) estão correlacionados.

Dica da nutricionista:

Dedique 30 minutos ao seu almoço, tente mastigar a comida pelo menos 20 vezes antes de engolir.

3. Comer “no caminho” ou na frente do computador

Se identificou? Bem normal hoje em dia (correria!). Comer “enquanto faz outra coisa” é comer distraído. Desconcentrado, você, muito provavelmente, vai acabar comendo mais do que deveria ( = engordar). Prestar atenção no ato de comer é essencial. Experimente almoçar em companhia e transforme o almoço em uma atividade social prazerosa.

Uma pessoa comendo em frente ao computador

4. Só uma saladinha

Só uma salada de alface não é uma refeição balanceada e não vai saciar a fome de ninguém. Sim, você pode alegrar a sua salada sem atrapalhar o seu plano de emagrecimento. Vamos lá, chame todos os três macronutrientes para fazer essa festa:

Prepare a base da sua salada com folhas verde-escuras (alfaces, espinafre ou couve, por exemplo). Incremente com legumes e verduras, pode ser cenoura, pepino ou pimentão, por exemplo, quanto mais colorido melhor! Adicione uma boa fonte de proteínas, pode ser frango grelhado, queijo feta, ovos cozidos ou grão de bico. Agora, os carboidratos: feijão, quinoa ou cuscuz marroquino são ótimas opções. E para arrematar com elegância, tempere a sua salada com gorduras saudáveis, azeite de oliva ou meio abacate são excelentes escolhas.

Receita:

 Esta salada grega é uma deliciosa fonte de proteínas para encher você de energia.

Um homem e uma mulher almoçando juntos

5. Se não é refrigerante, é suco de fruta

Beba água! Refrigerantes e sucos contêm calorias (vazias) demais e não matam a sede (pode parecer que sim, mas só que não). Se você é do time dos que acham a água uma bebida sem graça, experimente colocar uma rodela de limão, gengibre ou pepino no seu copo de água. Deixa um gostinho bom. Água de côco também é uma alternativa refrescante e saudável.

6. Comer só quando já está faminto

Você toma café da manhã muito cedo, ou nem toma café da manhã? Então é bem provável que você chegue ao meio-dia “morrendo de fome”. O estômago faz um monte de barulhos, você se sente capaz de comer qualquer coisa, só para se sentir melhor. Evite o perrengue: encaixe um lanchinho saudável entre o café da manhã e o almoço. Um pouco de iogurte natural com frutas frescas, ou umas fatias de maçã com pasta de amendoim, por exemplo, vai regular a sua fome e deixar você chegar na hora do almoço com apetite, mas não faminto.

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Julia Denner Julia, a dietista do Runtastic, é apaixonada por culinária e crê decididamente que o segredo de uma vida saudável está na combinação alimentação equilibrada + prática regular de atividades físicas. Ver todos os artigos de Julia Denner »

Leave a Reply