Treinar juntos é mais divertido ᐅ Experimente este treino em dupla!

Cada um tem um jeito preferido de treinar. Há quem goste de se exercitar sozinho, com foco total nos movimentos ou em busca de esvaziar a cabeça. Já outras pessoas preferem treinar com amigos, cenário em que a motivação mútua ajuda a superar limites. Nós, de nossa parte, achamos que treinar juntos é sempre melhor, seja em grupo ou a dois.

6 motivos para treinar juntos

  1. O aquecimento pré-treino é fundamental, mas muita gente pula essa parte. Treinando acompanhado, um pode motivar o outro a aquecer! O exercício 1 (“star toe touches” – flexão de corpo com torção e toque nos pés) é uma ótima forma de soltar o corpo.
  2. Você e seu parceiro de treino não precisam estar no mesmo nível de forma física, necessariamente. Muitos exercícios têm uma versão fácil e uma difícil. Usem a criatividade! Veja uma variação possível no exercício 2 (“high side plank lift” – prancha lateral alta com elevação).
  3. Que tal uma competição saudável entre amigos para alavancar a motivação? Se incentivem a superarem limites! Teste sua resistência com o exercício 3 (“high knees” – caminhada estacionária com joelhos altos).
  4. Outra vantagem de treinar acompanhado é poder observar e corrigir a postura do parceiro. Fiquem de frente um para o outro, façam o exercício 4 (“Russian twist” – torção russa) e vejam se a outra pessoa está fazendo o exercício corretamente, de forma controlada.  
  5. Vocês não precisam fazer os exercícios juntos. Não precisam dar as mãos para fazerem agachamentos, nem nada do tipo. Mas, se for um treino “em casal” e um beijinho em cada levantada do “sit-up” motivar vocês… por que não? Ou, entre amigos, quem sabe um “toca aqui” durante o exercício 5 (“quick feet” – corrida estacionária curta)
  6. Tente caprichar nos sorrisos – sorrisos amigáveis motivam ainda mais!

Encontre mais exercícios para fazer em dupla/grupo no app app adidas Training, além de planos de treino personalizados.

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Tom Koscher Personal trainer e coach de corrida, Tom adora inspirar e desafiar os outros com muita criatividade nos treinos. Para ele, desafios fitness são irresistíveis. Se rola um, é Tom! E assim ele vai: por que andar se podemos correr? Ver todos os artigos de Tom Koscher »