Mais motivação para treinar: 7 dicas para fugir das desculpas

How to motivate yourself

Aff, que cansaço! Quanto estresse! Está muito frio/muito calor/chovendo lá fora, e o sofá é tão confortável…

Todo mundo sabe que é difícil sair da inércia. Tem dias em que realmente não é nada fácil vestir as roupas de treino e começar a atacar as metas fitness.

Quase sempre, a preguiça é o pior inimigo. Subconscientemente, desperdiçamos muita energia tentando achar formas de escapar de um treino. Mas já pensou que, nisso, estamos tornando a situação mais difícil do que precisa ser? Afinal de contas, ninguém está pedindo que corramos 3 maratonas por semana ou treinemos para uma competição de fisiculturismo. São apenas 20-50 minutos de corrida/treino (e nem precisa ser todo dia).

Bem, chegou a hora de acabar com as barreiras mentais, dar um basta nas desculpas e fazer o corpo suar!

7 dicas para se motivar a treinar

1. Vista roupas de treino

Não pense muito, não: se vista para treinar, pois é a melhor forma de se motivar. Pelo simples fato de colocar roupas de treino, as chances de ceder à preguiça sofrem drástica redução. Faça uma geral no guarda-roupa ou vá às compras e encontre vestimentas que façam você se sentir bem no espelho. Gosta de cores fortes, neon? Vai fundo! Prefere clássicos como preto/cinza? Tá valendo. O importante é você vestir como a pessoa quer ser ou se tornar.

Pessoas se alongando

2. anote como se sente após treinar

Escolha um caderninho bacana e passe a anotar como se sente após treinar. Papel e caneta não funcionam para você e prefere dispositivos eletrônicos? Então, registre os treinos com o app adidas Running e acrescente uma nota pessoal a cada atividade que inserir. Assim, você sempre poderá consultar o que anotou e voltar mentalmente às sensações incríveis que vivenciou. Isso servirá de inspiração quando você não estiver no clima.

Ainda não conhece o app adidas Running? Baixe agora e comece a registrar o seu treino.

Exercícios proporcionam alegria e bem estar

É normal querer pular o treino por se sentir cansado, ocupado demais, sem energia ou com muita coisa pra fazer. Mas, quando você termina o treino – olá, endorfinas! O exercício libera hormônios na nossa corrente sanguínea que nos tornam mais alertas e positivos. Além disso, há o benefício mental de saber que você se superou e fez algo de bom para si!

3. Variedade, variedade, variedade

Não faça sempre o mesmo treino. Agita isso aí! Hoje vai ser corrida? Então, amanhã, que tal andar de bicicleta? Vai um treino de bodyweight usando o app adidas Training? Bora dançar? Hoje em dia, o mundo está ao seu alcance. Use a criatividade! É uma ótima forma de transformar a rotina de treino em algo verdadeiramente divertido. Assim, vai ser fácil não desistir no meio do caminho e ser saudável a longo prazo.

Seja para um treino de yoga, HIIT ou core: o app adidas Training faz você querer se mexer!

4. Marque os treinos na agenda

Se colocar seus treinos na agenda e programar bem a semana, vai ser mais difícil inventar desculpas. Pense nos seus treinos como compromissos — de você para com você. Afinal, existe um uso mais importante do seu tempo do que investi-lo… em você? Pode apostar: planejar a semana e alocar um horário definido para os treinos ajuda na motivação para treinar.

5. Se cerque de motivação

Que tal se cercar de gente que faz você se sentir capaz de alcançar suas metas? Além disso, crie ajuda visual: anote suas metas e frases motivacionais em letra bem grande e coloque-as bem visíveis, seja em casa ou no trabalho.

6. Treinar em grupo é mais fácil

Treinar em grupo alavanca a motivação. É ótimo combinar exercícios com um tempo para atividades sociais: amigos sempre nos motivam e, com muito bom humor e um toque de desafio, ajudam a concluir treinos puxados. E aí, já criou o grupo nas redes sociais para marcar o próximo encontro fitness? Se estiver difícil marcar com todos, que tal uma dupla? Veja o que funciona melhor e… bora suar!

Grupo treinando junto

7. Pare de comer o que não é saudável

Quando você opta por alimentos que não são saudáveis, ou seja, os processados e cheios de açúcar, seu corpo não obtém a energia necessária. Além de calorias vazias, esse tipo de alimento só causa cansaço e preguiça, provocando falta de motivação e mau humor. Assim, que tal manter uma dieta balanceada, rica em frutas e legumes, e garantir os três principais macronutrientes: proteínas, carboidratos e gorduras? Use essa estratégia e, com certeza, suas metas fitness estarão mais ao alcance das suas mãos que nunca!

Dica:

Topa um shake pós-treino? Teste essa receita vegana com manteiga de amendoim após sua próxima sessão de treino:

Resumindo: desenvolva sua motivação como se fosse um músculo!

Lembre que cada dia é um dia, e dificilmente há dois dias iguais. Às vezes, vai sobrar motivação, e você vai se sentir como se pudesse correr uma ultramaratona. De repente, do nada, a preguiça ou o cansaço batem firme e não tem milagre que resolva. E sabe de uma coisa? Isso é totalmente normal. A única coisa que importa é buscar um equilíbrio entre a prática de esportes e a recuperação muscular. Além disso, pense no porquê de você ter escolhido as metas de treino que escolheu.

Lembre-se: só você pode fazer o melhor para cuidar da sua saúde. Você estabelece as próprias metas de treino com base nas próprias necessidades e deve ouvir o seu corpo no processo. Estabeleça metas inteligentes e realistas, lembre-se das grandes razões para praticar exercícios, planeje, se alimente bem e respeite o processo.

Olho no prêmio… e treine a sua motivação como se fosse um músculo. Você consegue!

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

adidas Runtastic Team Quer ser mais ativo? Emagrecer? Dormir melhor? A equipe do adidas Runtastic ensina os segredos para fazer você levantar do sofá e chegar aos seus objetivos. Ver todos os artigos de adidas Runtastic Team »