Mentalidade de crescimento para ter sucesso na motivação

O sucesso tem muitas facetas: na vida pessoal, profissional, na saúde, no fitness… mas todas essas facetas têm uma coisa em comum: o sucesso SEMPRE começa na nossa mente! Quer alcançar suas metas fitness? Pense para além dos treinos, da postura e da dieta balanceada. O sucesso relativo à boa forma tem muito a ver com a nossa mentalidade.

É aí que a mentalidade de crescimento entra em cena. O termo foi criado pela Dra. Carol Dweck, professora de Psicologia da Universidade de Stanford, no livro “Mindset: A nova Psicologia do Sucesso”. Estudos demonstram que ter a mentalidade certa é fundamental para o sucesso, seja nos esportes ou em qualquer campo da vida.(1, 2, 3, 4)  O que é essa tal de “mentalidade de crescimento”?

Mentalidade fixa / Mentalidade de crescimento

Para Carol Dweck, existem dois tipos de mentalidade: a mentalidade fixa e a mentalidade de crescimento. Quando você pensa em se exercitar, já teve a sensação de que “não nasci para praticar esportes”? Acha que seu corpo é magro, pesado, pequeno ou fraco demais? Vive se comparando com outras pessoas e acha que nunca vai ter um corpo tão rápido, em forma ou maravilhoso como o dessas outras pessoas? Esta forma de pensar corresponde à “mentalidade fixa”.

Quem tem mentalidade fixa:

  • acredita que inteligência e talento são traços fixos, que não podem ser transformados
  • considera o esforço algo negativo (nem que seja lá no fundo da mente)
  • evita desafios
  • fica desmotivado perante contratempos
  • não sabe lidar com feedback negativo
  • vê outros (atletas) bem-sucedidos como concorrência

Esta forma de pensar dificulta (ou impossibilita) conquistar motivação para se exercitar e alcançar as metas fitness. O que pode ajudar nesta situação? Adotar uma mentalidade de crescimento! Quem tem mentalidade de crescimento acredita que talentos podem ser desenvolvidos com esforço e dedicação. Desafios? Pode mandar! Feedback? Por favor! Ih, errou? Veja o erro como uma oportunidade. Outras pessoas (ou outros atletas) não são concorrência, e sim fonte de inspiração! Afinal, foi preciso muito esforço e dedicação para os talentos dessas pessoas as levarem até onde estão.

Estudos demonstram que a mentalidade de crescimento alavanca a autoestima e a autoeficácia, isto é, a confiança na sua capacidade de lidar com as diferentes situações. A mentalidade de crescimento ajuda a dar um gás na frequência da prática de exercícios(5) , o que, por sua vez, nos motiva a treinar cada vez mais.

atletas com mentalidade e motivação para praticar esportes

Bom saber:

Todo mundo tem um misto de mentalidade fixa e de crescimento(6), e isso vai se desenvolvendo com o avançar da vida. A mentalidade pode variar segundo o aspecto da vida envolvido (esportes, estudos, trabalho, etc.). A boa notícia é que há exercícios que você pode praticar para aperfeiçoar sua mentalidade de crescimento. Que exercícios são esses? Confira abaixo.

Desenvolva sua mentalidade de crescimento 

Quando estava lendo a lista sobre a mentalidade fixa, sentiu que “a carapuça serviu” quanto a alguns itens? Bem-vind@ ao clube. Você não está só! Mas nem tudo está perdido: veja como construir uma mentalidade de crescimento por meio de exercícios e atividades mentais. Seguem aqui algumas dicas.

1. Redefinir “sucesso” 

O primordial é a jornada, e não o destino. Pode parecer meio “lugar comum”, mas, nesse caso, é 100% verdade. Ter sucesso na prática de esportes e atividades físicas não significa necessariamente correr uma maratona, fazer uma parada de mão (vulgo “plantar bananeira”) ou levantar peso como ninguém na academia: o importante é fazer o melhor que você puder a cada dia, a cada momento, e sempre buscar se melhorar.

Mesmo que seu objetivo seja correr uma maratona (ou meia, ou uma prova de revezamento), celebre os primeiros 5, 10 e  21 km. Em comparação com suas conquistas anteriores, você se melhorou! Quer uma ajuda para estabelecer metas? Use o recurso “Metas” da aba Progresso no app adidas Running, porque é exatamente para isso!

atleta se alongando para se motivar para atividades fitness

2. Aprender com contratempos ou derrotas 

Anda treinando religiosamente segundo o cronograma, seguindo seu plano de treino à risca, mas ainda não consegue fazer uma flexão completa? Na última prova, seu pace foi inferior ao que você esperava? Sempre tem algo na nossa vida que não sai como o planejado, apesar de todo o esforço. Mas, se a vida fosse fácil, bastava decidir ser corredor que todo mundo virava ultramaratonista, né? O que vem fácil, vai fácil. O que é difícil para conquistar, fica pra sempre! E, mesmo nos momentos de derrota, há lições valiosas a aprender. Veja como ajustar sua rotina de treinos para ir avançando rumo à meta.

Ah, dica extra: avalie também a meta em si para ver se não está distante demais, algo quase “inalcançável” de tão extremo. Ter metas realistas é fundamental. E, em tudo na vida, o mais importante é NÃO DESISTIR!

 

3. Experimentar coisas novas e aceitar desafios 

Ouse sair da sua zona de conforto! Sempre quis fazer aulas de boxe, mas acha que não tem força? A galera convidou para uma escalada, mas tem medo de não dar conta? Na jornada da boa forma, sempre há uma forma de enfrentar o medo de falhar e se superar nos desafios: dê o primeiro passo e pare de inventar desculpas!

atleta com mentalidade de sucesso firme e forte

4. modelos para inspiração e aceitar feedback 

Não se intimide com o sucesso alheio: se inspire nesse sucesso! Admira alguém, seja uma personalidade que segue nas redes sociais ou uma pessoa da sua academia, alguém que corre na sua rota ou um amigo? Peça dicas para melhorar seu treino, ou peça para olharem você treinando e dar feedback. Temos dicas de profissionais sobre como se aquecer da forma certa e até para treinar para uma maratona.

E aí? Partiu desenvolver essa mentalidade de crescimento e começar a REALMENTE alcançar suas metas? Então… vem! Participe do nosso novo desafio “treine como você” no app adidas Training. Comece esta nova fase se desafiando e alavancando a motivação!

 


***

 

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Katrin Grabner Formada em Filologia Românica(!) e jornalista de profissão, Katrin é uma copywriter que defende o uso de linguagem inclusiva. Seja praticando yoga ou escrevendo para o blog, uma coisa é regra: bom humor, sempre! Ver todos os artigos de Katrin Grabner »