Como reduzir a celulite >> Nutrição + Exercícios para tonificar pernas e glúteos

Soluções milagrosas envolvendo algas marinhas, óleos anticelulite ou tratamento com aquele sérum caríssimo que sua amiga jura que deu certo para ela: tenha bom senso e não desperdice dinheiro! Na real, não há como se livrar magicamente da celulite da noite para o dia.

A pele estilo “casca de laranja” é, na verdade, a regra para a maioria de nós, reles mortais. Sabia que 80% das mulheres tem celulite? É uma característica coletiva. Entretanto, como tudo na vida, o que acaba sendo valorizado é justamente a exceção, e é por isso que, às vezes, caímos no conto do vigário tentando tornar o sonho uma realidade instantânea.

Vamos à boa notícia: há várias formas de reduzir o efeito “casca de laranja” na pele. Dieta adequada, bastante treinamento miofascial com o foam roller e muita motivação são todos os ingredientes necessários para ter pernas tonificadas e bumbum durinho.

O que é a celulite?

Em primeiro lugar, a celulite não é uma doença. O termo descreve o tecido adiposo (gordura) subcutâneo que, normalmente, fica concentrado nas coxas e glúteos. As mulheres, mais que ninguém, sofrem com concentrações de celulite sob a pele.

Ora, que injusto! Por que justamente as mulheres ficam com a pele parecendo uma “casca de laranja”? Pelo simples fato de que têm a pele mais fina que a dos homens. Neles, as células gordurosas e fibras de colágeno são entrelaçadas, formando uma espece de uma teia, uma malha, no tecido subcutâneo masculino. Já nas mulheres, essas fibras são paralelas, tornando o tecido menos estável. Isso permite que as células de gordura cheguem à superfície, atravessando por entre as fibras de colágeno.

É justamente esse “vazamento” da gordura que formam a celulite visível. Mas os homens também podem ficar com sinais aparentes de celulite se apresentarem baixas concentrações de andrógeno, o hormônio sexual masculino.

Causas para a celulite

Além da incontornável diferença nas características cutâneas dos homens e mulheres, quem são os grandes culpados pela celulite?

  • Predisposição genética: infelizmente, a pele irregular é uma característica hereditária. Procure saber se o tecido conjuntivo da sua mãe é/era fraco. Se for o caso, suas chances de ter celulite são altas.
  • Hormônios: antes de ficar menstruada, você se sente como uma laranja ambulante? Isso pode ser devido a mudanças no seu equilíbrio hormonal. Além disso, sabia que até pílulas anticoncepcionais podem favorecer o surgimento da celulite na região das coxas e glúteos?
  • Estilo de vida não saudável: álcool, fumo ou estresse causam efeitos negativos ao corpo. Fazer más escolhas alimentares também favorece o surgimento da celulite, pois o excesso de gordura corporal é depositado nas zonas afetadas, como as coxas.

Dicas nutricionais para reduzir a celulite

Uma dieta saudável e balanceada ajuda não só a perder peso, mas também a descascar o efeito “casca de laranja” da sua pele. Sério! Na verdade, os benefícios são para o corpo inteiro. Células adiposas maiores nas coxas e costas não só irritam o psicológico quando a gente se olha no espelho: além disso, comprimem vasos sanguíneos! Isso prejudica a circulação sanguínea do corpo inteiro, causando redução no metabolismo e afetando negativamente a drenagem linfática. Tudo isso deixa a pele ainda menos firme, e os acúmulos de gordura tipo “casca de laranja” ficam ainda mais visíveis. Qual é a solução? Acelerar o metabolismo!

Diga um sonoro “NÃO!” ao fast-food, ao álcool e ao açúcar. São os 3 melhores amigos da celulite, alimentando a existência dela. Fora isso, favorecem também o sobrepeso.

Como usar a nutrição para se livrar da celulite?

  1. Beba muito líquido: consuma líquidos em quantidade suficiente, como água ou chás não adoçados (experimente o chá verde ou chá de urtiga) durante o dia. Isso ajuda o corpo a transportar nutrientes essenciais às células e eliminar subprodutos indesejáveis.
  2. Menos sódio na alimentação: sabia que alimentos ricos em sal provocam retenção de líquidos no tecido corporal? O inchaço na pele deixa o look “casca de laranja” ainda mais visível.
  3. Alimentos ricos em potássio: opte por alimentos como damasco, banana, batata, gengibre e alcachofra. O que eles têm em comum? São ricos em potássio. Este importante mineral ajuda a transportar oxigênio e nutrientes para as células. Além disso, o potássio promove a excreção de dejetos corporais, deixando os leucócitos novinhos em folha. Castanhas são ricas em vitamina E, e também fazem maravilhas para a pele. Mas, atenção: nada de consumir castanhas em excesso, pois são riquíssimas em gorduras e favorecem o ganho de peso. Um punhado por dia basta.
  4. Vitamina C: pimentão e kiwi são ricos em vitamina C, que favorece a produção de colágeno pelo corpo. O colágeno é o grande responsável por garantir uma pele lisa e uniforme.

Regra geral:

Evite dietas radicais e de curto prazo! Perder peso rápido demais (ou ganhar peso rápido demais) pode causar celulite. Além disso, nessa pressa toda, você também perde massa muscular, e as irregularidade na pele ficam ainda mais visíveis.

Anda em busca de dicas nutricionais? Confira nossos posts sobre motivos para largar o açúcar, alimentos saudáveis que purificam o corpo ou a diferença entre calorias boas e ruins!

Dicas de exercícios para reduzir a celulite

Agora que falamos sobre a nutrição, isto é, a principal aliada no combate à celulite, é hora de cair dentro das atividades físicas! Se quiser perder peso e/ou tonificar o corpo *de verdade* e, nisso, se livrar da celulite, a atividade física é a única solução. Fortaleça os músculos das coxas e glúteos para reduzir as células adiposas nessas áreas e fortalecer o tecido conjuntivo.

Agachamentos, afundos ou um bom treino HIIT ajudam muito a fortalecer as pernas e, na verdade, o corpo inteiro. Além disso, esse tipo de exercício é perfeito para acelerar o metabolismo! Treinos de bodyweight , que usam apenas o peso do próprio corpo, são também muito eficazes se você quiser treinar vários grupos musculares ao mesmo tempo.

Precisa de mais inspiração para treinar? Confira o post da nossa fitness coach Lunden sobre 8 melhores exercícios de bodyweight para mulheres. E tem mais: quem quiser muito queimar gordura tem que experimentar treinos intervalados estilo “Tabata”, corridas intervaladas, treinos em ladeira ou pular corda! Quando ficar sem criatividade, recorra a um desses 4 treinos incríveis para queimar gordura.

Confira esses exercícios para pernas e glúteos que podem ser feitos em casa:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by adidas Runtastic (@adidasruntastic) on

Dica final:

Já ouviu falar de treinamento miofascial ou foam rolling? A fáscia é um componente cutâneo que mantém a coesão do tecido conjuntivo no corpo. Após treinos intensos ou uma série enorme de agachamentos, os músculos precisam de tempo para se recuperar. Só que você pode ajudar ativamente nessa recuperação! Experimente fazer massagem miofascial com o foam roller para acelerar a regeneração.

E você? Já desenvolveu seu próprio método para garantir coxas firmes e bumbum na nuca? Conta aí!

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Tina Sturm-Ornezeder

Tina ama escrever, é muito curiosa e está sempre de olho nas novas tendências. Ah! Ela também é apaixonada por yoga e... abacate! Ver todos os artigos de Tina Sturm-Ornezeder »