Suar muito no treino é bom ou ruim? A relação entre suor e exercícios físicos

Homem suando durante um treino ao ar livre

É de amplo conhecimento que o suor é um mecanismo corporal de autorrefrigeração durante momentos de atividade física intensa ou momentos de muito estresse. Assim, é super normal suar durante a prática de exercícios.

Mas, para algumas pessoas, suar demais é incômodo e pode causar odores indesejáveis ou manchar suas roupas fitness favoritas. Então, vamos aprender mais sobre o que realmente é o suor e responder a perguntas comuns sobre se suar demais no treino é bom ou ruim.

Índice

O que é o suor?

Como tudo o que é relativo ao corpo, existe uma composição química para o suor: ele é composto principalmente por água (H₂0) e sal (Na+), contendo sódio, potássio e íons de cloro.(1)

O suor é diretamente relacionado a alterações no equilíbrio eletrolítico do corpo.(2) É por isso que manter uma hidratação adequada é crucial, para garantir que o corpo tenha como se refrigerar.

Quando o corpo está desidratado e insistimos em treinar — o que significa que você não bebeu água o suficiente antes — o corpo não conseguirá se resfriar ou regular bem a temperatura corporal. A mesma coisa vale para a reposição dos fluídos perdidos durante treinos intensos:

se você não compensar o quanto suou consumindo bebidas adequadas, pode ocorrer hipoidratação e elevação da temperatura corporal.(3) Isso vale especialmente para quem pratica atividades físicas intensas.

Tenha em mente que o suor é composto por água *e* sal, então se reidrate com água (claro!) e também com bebidas eletrolíticas caseiras. Vale também adicionar conscientemente um pouco de sal às suas refeições — sem exageros, claro, pois não queremos hipertensão no futuro!

De onde vem o suor?

O corpo contém dois tipos de glândulas sudoríparas.

  • As glândulas écrinas são responsáveis por refrigerar o corpo quando a temperatura interna sobe. Estão espalhadas pelo corpo inteiro, abrindo-se diretamente para a superfície da pele. Isso permite que o suor evapore, causando o efeito refrigerador.
  • Já as glândulas apócrinas se encontram apenas nas áreas das axilas e da virilha, que são áreas com maior concentração de folículos capilares. Estas glândulas sudoríparas também são ativadas pela elevação na temperatura corporal, mas são predominantemente deflagradas em situações de estresse, ansiedade e flutuações hormonais. Este suor é um pouco mais leitoso e se mistura com as bactérias da pele, criando aquele característico e desagradável odor corporal.

Por que eu suo tanto?

A quantidade de suor excretado depende de diversos fatores como o peso, sexo, nível de forma física, idade, local onde se encontra (clima) e até da genética. Cientificamente falando, a sudorese é uma resposta fisiológica complexa à atividade intensa, temperatura, volume plasmático e taxa de sudorese.(3)

Suar demais durante o treino

Suar durante a atividade física é completamente normal, mas a quantidade depende do seu condicionamento e seus aspectos físicos em geral. Uma pessoa com sobrepeso vai suar mais, pois a quantidade de energia necessária para realizar determinada atividade será mais alta.

Além disso, uma pessoa mais em forma e que treina com regularidade começará a suar mais rápido que uma pessoa menos em forma, porque o corpo já está “mais esperto”, preparado para suar a fim de se refrigerar durante o treino.

Sabia que…

Um estudo descobriu que uma pessoa que está transpirando por causa da corrida tem um nível mais alto de eletrólitos no suor do que uma pessoa que está suando inativa em uma sauna? Isso significa que até mesmo a composição química do suor produzido depende da causa da transpiração.(4)

Suar no verão

Suar mais no verão é totalmente normal, pois o corpo tenta sempre compensar o calor externo e se ajustar à sua temperatura ideal. Assim, suar mais é uma resposa positiva do corpo.

Suar na sauna

Quem mora em países frios ou frequenta clubes às vezes gosta de suar bastante na sauna úmida. A ideia é transpirar e queimar calorias enquanto relaxa. Mas a transpiração realmente queima calorias? Confira estas e outras respostas abaixo no nosso FAQ.

Como se preparar para um treino suado

1. Hidratação adequada

Sabia que a maioria das pessoas vive cronicamente desidratada? Assuma um compromisso consigo e beba água o suficiente todos os dias. Use nossa calculadora para saber aproximadamente quanta água você deve ingerir:

E atenção: beba água até quando não estiver com sede! A sensação de sede já é seu corpo implorando por ajuda, e não um sinal inicial. Não conhece bem os sintomas da desidratação? Confira estes 9 sinais de desidratação e veja se correspondem a você.

2. Pele limpa, sem cosméticos

Quem quer suar de verdade não deve estar usando maquiagem, cremes corporais ou afins. Por quê? Podem bloquear os poros e impedir que o corpo se resfrie da maneira apropriada.

Poros bloqueados (especialmente no rosto) durante a prática de exercícios podem favorecer o surgimento de manchas na pele. Assim, arrume um tempinho para limpar a pele antes do treino: procure ter algum removedor de maquiagens ou água micelar, mas água, sabão e papel toalha também ajudam.

3. Vista-se adequadamente para o treino

Para escolher boas roupas de treino, é importante levar em conta a respirabilidade do tecido. Roupas respiráveis e que dispersam a umidade garantem maior conforto.

Quer treinos que façam suar mais? Experimente o treino intenso Wakanda Para Sempre no app adidas Training.

FAQ: dúvidas sobre suor

1. Por que suo tanto no rosto e na cabeça quando me exercito?

A transpiração no rosto e na cabeça é bastante comum: é simplesmente o resultado de glândulas écrinas superestimuladas. Existem fatores além do exercício em si que também podem resultar em suor no rosto e na cabeça, incluindo:

  • alguns medicamentos
  • ansiedade
  • alimentos picantes
  • hipertireoidismo
  • menopausa
  • abuso de substâncias
2. Qual é o nível de suor ideal em um treino?

Boa pergunta que, por enquanto, permanece sem resposta. Os corpos das pessoas são totalmente diferentes e, assim, em um mesmo treino, há quem saia encharcado de suor e há quem mal pareça que treinou.

Lembre-se: além da hidratação, outros fatores que influenciam na sudorese são o condicionamento físico, a idade, o clima, o tipo de pele, sexo, etc.

Ao passo que já está claro que a quantidade de suor não é métrica de eficiência para treinos, caso você queira mesmo avaliar seu desempenho, aposte em um monitor de frequência cardíaca para avaliar melhor seu nível de condicionamento físico e a intensidade dos treinos praticados.

3. Suar durante o exercício queima calorias?

O exercício queima calorias e a transpiração pode ser resultado do exercício, pois ajuda a resfriar o corpo. Mas, como vimos, há grande variabilidade: algumas pessoas mal suam e outras saem pingando. Portanto, a quantidade de suor nem sempre equivale à intensidade do treino.

No entanto, relaxar na sauna pode queimar calorias, pois as altas temperaturas fazem com que a frequência cardíaca aumente. “Opa, vou fazer sauna para emagrecer!” — Calma. O peso que você perderá é apenas o da água que evaporou no suor, e será recuperado assim que o corpo se reidratar. Não existe atalho nem mágica para perder peso!

Lembre-se: é a atividade física que queima calorias. Se você sua muito ou pouco, tanto faz.

4. Não suar durante um treino é saudável?

Cada corpo tem suas peculiaridades: genética, número de glândulas sudoríparas… tantas variações! Se você não sua como outras pessoas, isso pode não ser problema algum. Pode ser que você tenha menos glândulas sudoríparas — nada mais.

Mas o que não é saudável é o corpo não conseguir se resfriar, causando insolação, exaustão pelo calor ou cãibras. Se o corpo não consegue se resfriar internamente, talvez você tenha anidrose ou hipoidrose e, nesse caso, precisa procurar orientação médica.

Lição para levar pra vida

Agora, você já sabe que, além da intensidade do treino, há muitos outros fatores que influenciam se você vai suar muito ou pouco quando se exercita. Treine em ambientes arejados, cuide da hidratação para que o corpo possa suar o necessário e se refrescar com eficiência. Assim, o suor nunca vai virar um grande inimigo na hora de treinar!

 

***

CLASSIFIQUE ESTE ARTIGO

Jessica Graham Jessica is a copywriter and graduated from the University of New Mexico (USA) with a BA in History which helped fuel her passion for travel and cultural education. Her former experience working in the service and beauty and wellness industries taught her to pursue her love of good food, fun fitness, and holistic wellness in everyday life. She especially loves strength training and trying out healthier versions of recipes for the not-so-healthy favorites — her oat milk coconut sugar pumpkin spice latte is delightful. Ver todos os artigos de Jessica Graham »